Todo esporte tem uma prática comum entre os atletas. No ciclismo, não é diferente. Há mais de 100 anos, homens e mulheres depilam as pernas. Esse costume simboliza um ritual de preparação antes das provas, que, geralmente, é comparado ao dos índios, que pintam o corpo antes de ir à guerra.

Neste artigo, você vai conhecer outros motivos que levam os atletas a fazerem uso da depilação no ciclismo. Continue a leitura e surpreenda-se!

1. Facilita as sessões de massagem para a recuperação muscular

Sabemos que pedalar não é uma tarefa fácil. Por isso, é necessário contar com o apoio de alguns recursos para acelerar o processo de recuperação muscular.

As sessões de massagem nas pernas são ótimas opções para deixar a saúde do ciclista em dia. Sem pelos, a técnica é aplicada de forma mais agradável e simples. 

2. Ajuda a tratar de lesões mais rapidamente

Infelizmente, as lesões são comuns na vida do ciclista. Raspões, arranhões e esfolados são quase uma marca registrada dos praticantes desse esporte. E, sem dúvida, o principal alvo são as pernas.

Nesses casos, a depilação ajuda no tratamento dos machucados, pois a ausência de pelos permite limpar a ferida com mais facilidade. Além disso, a recuperação se torna mais rápida, pois os riscos de infecção, devido ao acúmulo de sujeiras na região, são menores.

De fato, alguns acidentes são inevitáveis. No entanto, quando usamos os acessórios de proteção corretos, treinamos em vias sem buracos e com pouco tráfego, as chances de quedas ou colisões são menores.

Portanto, antes de sair de casa, confira se está tudo certo para ter um trajeto tranquilo, combinado?

3. Aumenta a autoestima

Ao depilar a perna, fica mais evidente o tônus muscular adquirido após várias horas de treino. Para algumas pessoas, esse aspecto está relacionado à vaidade. No entanto, é uma ótima forma de comprovar os resultados que o ciclista conquistou ao longo da sua carreira.

Além disso, a remoção dos pelos aumenta a autoestima do atleta, o que afeta positivamente o seu desempenho durante a corrida. Para completar, há outro benefício bastante interessante: muitas mulheres gostam de homens com pernas depiladas. E se você tem uma namorada ciclista, certamente ela aprovará a ideia.

4. Potencializa o desempenho

Durante muitos anos, discutiu-se os benefícios da depilação no ciclismo. Em 2014, a marca norte-americana Specialized desenvolveu vários testes para verificar sua eficácia.

A pesquisa teve a participação de ciclistas peludos      com pouco ou muito pelo. O desempenho desses atletas foi testado no túnel antes e depois de depilarem as pernas. O resultado foi surpreendente:

  • Os depilados foram em média 70 segundos mais rápidos em um trajeto de 40 km.
  • No mesmo percurso, a vantagem entre os peludos chegou a 82 segundos.

Segundo o ciclista da equipe de São José dos Campos, Suelito Gohr, depilar a perna evita o contato com o vento, e em algumas competições, os milésimos podem definir o campeão do circuito.

É importante lembrar que a depilação é uma técnica benéfica para esse tipo de esporte, mas não é obrigatória. Assim, se você já está acostumado aos pelos, e eles não têm atrapalhado seu rendimento, fique livre para mantê-los.

Agora que você já sabe o que leva os atletas a fazerem depilação no ciclismo, que tal ficar por dentro das nossas novidades? Assine agora mesmo a nossa newsletter!

Share: