Quem pratica corrida ou vai começar nessa modalidade, deve ter em mente que o tipo de vestimenta usada durante a sua prática influencia diretamente em seu desempenho. Por isso, na hora de escolher sua roupa para correr é importante observar alguns atributos técnicos, como tipo de tecido, sua leveza, nível de ventilação do material, suporte muscular e o quanto facilita nos movimentos.

Além disso, é necessário levar em consideração o fator conforto, afinal, correr desconfortavelmente não só prejudica a performance, como tira todo o prazer desse esporte.

Para ajudar você a adquirir roupas e produtos esportivos ideais para essa modalidade, preparamos uma lista com 7 dicas. Continue lendo e descubra como montar seu guarda-roupa para suas próximas corridas!

1. Escolha o tecido ideal

Tudo começa pela busca do tecido ideal na camiseta, calça ou short que você for usar para correr. Nesse caso, você precisa levar em consideração os seguintes atributos:

  • bom nível de ventilação da roupa para que você não sinta uma sensação de abafamento enquanto corre, a qual gera incômodo e pode até fazer você passar mal em dias muito quentes. O tecido precisa ser bastante transpirável;
  • alto grau de permeabilidade para que o suor também possa passar pela trama e evaporar, evitando lhe encharcar por debaixo dela ou até dificultar esse processo;
  • baixo nível de retenção do suor, pois tecidos que seguram a umidade acabam por resfriar o corpo, o que prejudica o desempenho físico. Eles precisam ser “respirantes”, ajudando a pele a se manter seca;
  • boa capacidade em manter ou regular a temperatura corporal para que o corredor possa preservar sua performance, obtendo até um melhor rendimento. Isso é ainda mais importante em épocas de frio, quando manter o corpo aquecido é primordial para a prática prolongada dessa atividade;
  • sua tolerância ao tecido, pois alguns podem causar alergias na pele e tornar sua corrida bem desagradável. Procure vestir e testar malhas, tramas, panos e diferentes tecidos, para identificar se algum pode lhe causar coceiras, vermelhidão ou outras reações. Em caso positivo com algum deles, evite-os na hora de escolher suas roupas para correr.

2. Busque tecidos técnicos

Calças e camisas de algodão costumam ser usadas para corridas, porém elas podem reter suor e resfriar o corpo, como mencionado acima. Em distâncias curtas e dias frios, elas “quebram o galho”, já que o algodão também ajuda a manter o corpo aquecido antes de ficar molhado com suor.

As malhas podem ser usadas no inverno, porém costumam exibir as marcas de suor.

Para corridas de maior resistência (endurance), o ideal é usar tecidos feitos com fios de poliéster, poliamida, elastano e outros semelhantes. Esses costumam ser elásticos, não distorcem nas lavagens e são fáceis de serem preservados.

Nas corridas, ajudam a manter a temperatura corporal e deixam a transpiração passar por suas tramas, além de se ajustarem melhor ao corpo, dando maior liberdade de movimentos. Em temperaturas baixas, alguns agem como isolantes, evitando que o frio penetre na roupa e diminua o calor corporal.

Esses tecidos costumam ser produzidos com a ajuda de tecnologia e pesquisas sobre formas de melhorar o desempenho nas atividades físicas.

3. Foque na leveza das roupas para correr

A leveza das roupas é outro fator a ser considerado, pois tecidos mais pesados podem diminuir o desempenho e até “cansar” o atleta em fins de percursos longos. Nesse caso, não se deve descuidar inclusive de peças menores, como meias, que devem ser finas para permitir maior transpiração e conforto. Meias grossas esquentam e podem aumentar as chances de bolhas, bem como usar peças sobrepostas.

4. Lembre-se das cores e suas propriedades

Se for correr em regiões com muita luminosidade solar, como em praias, parques ou outros locais ao ar livre, opte sempre por usar roupas de cores claras. Elas refletem melhor os raios solares e, junto a eles, parte do calor. Isso ajuda a evitar que sua temperatura corporal aumente além do que a própria atividade física provoca.

Por outro lado, em épocas de frio, o melhor é usar roupas mais escuras, pois absorvem parte do calor do sol, possibilitando ao corpo se aquecer.

5. Busque roupas adequadas à prática de esportes específicos

Como mencionado, roupas com tecidos compostos de fibras de elastano, poliamida e poliéster, são mais adequadas para a prática de corridas. Além disso, existem peças com especificidades que podem beneficiar o atleta. Por exemplo, há meias que são acolchoadas nos calcanhares, entregando maior conforto para os pés dos corredores.

Algumas peças íntimas atuam como suportes musculares, facilitando movimentos e colaborando na manutenção da temperatura corporal. Para as mulheres existem tops esportivos que entregam maior sustentação aos seios, tornando a corrida mais agradável e até absorvendo impactos na região.

6. Use peças que protejam o corpo

Quem costuma treinar cedo geralmente enfrenta temperaturas mais amenas. Entretanto, aqueles que fazem suas corridas em períodos mais quentes e ensolarados, devem proteger seus corpos da incidência de raios ultravioletas. Para isso, além do protetor solar, é importante usar camiseta de manga longa e viseira, pois, ao contrário do boné, ela facilita a transpiração da cabeça e melhora o controle da temperatura corporal.

No frio, o melhor é usar luvas durante as corridas para proteger as mãos. Todavia, cuidado com tecidos que não deixam o suor e a transpiração passar, pois suas mãos poderão ficar encharcadas. Também use um casaco corta-vento para lhe proteger de ventos frios e secos. Há tipos que conseguem até lhe manter seco por baixo durante chuvas, ou seja, possuem boa impermeabilidade.

7. Prefira roupas e peças que refletem durante a noite

Quem corre à noite deve ficar atento a dicas de proteção pessoal, especialmente se costuma se exercitar próximo a ruas ou estradas. Para correr com segurança, é indicado usar itens com adereços brilhantes e que tenham bom reflexo, ou seja, peças refletoras.

Roupas de cores fluorescentes também colaboram para aumentar sua visibilidade perante os demais enquanto se exercita.

Seguindo essas dicas, você certamente estará mais preparado para fazer suas corridas em diferentes ambientes, climas e temperaturas. Uma sugestão final é incrementar seu vestuário com peças tecnológicas, como relógios, cronômetros e wearables que ajudem a medir sua performance nos exercícios e até a acompanhar seu ritmo cardíaco, ficando de olho na saúde enquanto corre.

Gostou das nossas dicas de como escolher a melhor roupa para correr e praticar esportes?

A Fits, além de ser um clube de vantagens para quem respira esporte e bem-estar, também tem uma linha de roupas leve, confortável e com um belo design para treinos e provas! Junte-se a nós e confira tudo que a Fits oferece!

Share: